Menu

15 abril, 2014

Sobre o tempo,sensibilidade e borboletas




Como o tempo é relativo.O que pra você são dois anos,pra algumas pessoas pode ser apenas dois anos.Passaram tantas coisas,mais tantas coisas que você olha pra trás e vê sorrisos,choros,saudades,alegrias,amores,raivas.O tempo é muito relativo.Os dias são curtos e se a gente não souber aproveita-los eles se foram como num abri e piscar de olhos.
Um dia deses me peguei lembrando que não tive mais tempo de me sentar,escultar a minha música,escrever meus textos.E por que não tive mais tempo pra fazer algo que gosto tanto?Por que não sabia como aproveitar o meu tempo.É um corre-corre,é um querendo ser mais rápido que o outro.O mundo ta em movimento desde sempre,mais quando a gente cresce parece que o mundo não dá apenas um giro e sim um giro muito rápido.
Você cresce e amadurece,você percebe que os velhos tempos não voltam e que esse tempo de agora também não vai voltar.Esse seu tempo de descobertas e frustrações não vai voltar,e por incrível que pareça mais pra frente você sentirá falta disso tudo que hoje parece um caos.Suas emoções estão a todo vapor,está quase em estado de evaporação.Acho que isso é normal em um mundo cheio de ação.
A gente sabe que essa loucura do dia-a-dia faz com que as pessoas percam a sensibilidade.Estava outro dia conversando com meu pai na praça,vimos uma borboleta,eu vi uma borboleta.Parei de prestar atenção na conversa e comecei a perceber as cores que a borboleta tinha.É extremamente difícil encontrar uma borboleta daquela cor.Não tem como explicar os detalhes que ela trazia consigo,ela apenas despertou em mim a minha sensibilidade de perceber o mundo.
Pode parecer loucura ou algo do tipo,mas ela me mostrou que o mundo não é só essa correria do dia-a-dia.O mundo também é a beleza da cor de uma borboleta,o mundo também é uma conversa entre pai e filha.O mundo também é o sorriso de uma criança ao ganhar um doce.O mundo também é um bom dia ao encontrar alguém na rua.O mundo ainda tem a mesma beleza de antes,a gente é que deixou de reparar.

Um comentário:

  1. Menina Pri, o mundo continua belo ou feio, depende da maneira que os olhos da nossa alma o vê.
    Um abraço. Continue observando as borboletas. Vale a pena.

    ResponderExcluir

Se você chegou até aqui é por que de alguma forma você gostou.Esse espaço é seu,me diga o que você achou , me dê sua opinião a respeito do que leu , sera importantíssimo pra mim e pro blog.Deixe seu comentário e o link do seu blog quem sabe eu apareça por lá ;)

Ps: por favor não faça comentários do tipo;me segue,comenta,segue de volta.Eu sigo sim,mais eu sigo os blogs que eu gosto,eu comento sim,só deixa o link do blog e sua opinião sobre o blog...Eu retribuo de acordo com o que você posta,então se leu e gostou comente,se leu e não gostou comente,se leu e não comentou eu fico na curiosidade ,rs .
beijos ♥