Menu

30 novembro, 2012

Ao som do vento




Em meio ao som que meu coração transmitia ao meu corpo,as sensações eram únicas. O silencio me dominou de uma forma perplexa,não sabia o que pensar,nem o que sentir.Me senti por alguns instantes sem nenhum sentimento,a não ser a raiva que em mim contia por outros segundos.Mais ela foi passageira,logo me sensibilizei de forma peculiar,me senti sem ação,sem chão.Veja bem eu poderia ter dito muitas coisas,mais eu preferi o silencio,não tinha certeza do que sentia nem do que pensava,falar com raiva eu não consigo e o dia que conseguir eu estarei no meu limite.Em segundos tudo parecia tão brutal,tanto drama dentro de mim,tanto pra pensar em pequenos segundos.

Como um filme em minha cabeça tudo apareceu,desde o primeiro beijo até aquele momento.Ao som do meu coração,ao sentir meus sentidos indo com o vento,digo que me desesperei,mais aos poucos pude me recompor.No final eu já sabia como ia terminar,eu já sabia que iriamos chegar onde exatamente chegamos.Ao som do meu coração,agora mais leve,seu convite eu aceitei.Mais veja bem,um convite tanto quanto estranho,mais não menos romântico,ao som do vento dançamos.Ao som do vento,eu pude sentir teu coração,ao som do vento eu pude me recompor.Ao som do vento eu pude me lembrar do quão bom é estar ao seu lado.

Havia mil motivos pra eu não te esperar naquela tarde de setembro,mais eu estava lá,por um único motivo.Ao som do vento eu pude me lembrar do quão pouco tempo vivemos mais mesmo assim foi tanto tempo.Ao som do vento eu pude perceber o quanto foi bom te encontrar.Ao som do vento dançamos,na praça dos namorados.Ao som do vento eu procurei dentro de mim um motivo pra não estar ali,e não achei nenhum,eu estava onde eu deveria estar.Ao som do vento dançamos,eu pude perceber o quão bom foi te encontrar.Senti o sabor do teu beijo diferente,senti o gosto do teu beijo mais doce do que seu amor,ou eu senti teu amor no seu beijo?A ausência do seu olhar me faz pensar ;Oh meu Deus,me traz ele de volta,por que tudo o que eu tenho é o seu amor.  Ainda bem que estávamos lá,e não existe outro alguém que eu queira estar.

10 comentários:

  1. Que texto perfeito! *.*
    Fiquei com gostinho de quero mais. HAHA
    beijo

    Marina Alessandra do blog Maior de Idade
    @mariinaale

    ResponderExcluir
  2. Estou seguindo seu cantinho ... da uma passadinha no meu se gostar segue de volta ? um super beijo s2

    www.andressa-mont.com

    ResponderExcluir
  3. Oi vim conhecer o seu blog, e gostei bastante! foi um prazer!
    Te espero nomeu, se gostar siga e poste um comentário que retribuo!

    Poetizando em Pensamentos

    ResponderExcluir
  4. Oi,
    amei o blog seguindo

    http://blog-thelook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi obg pelA VISITA , NOVO POST BJSS
    http://www.karolinefernanda.com

    ResponderExcluir
  6. Muito lindo, todo mundo merece viver o amor assim,ao som do vento.

    http://fazdecontatxt.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá querida vim conhecer seu espaço!
    Adorei suas dicas e já estou seguindo aqui.
    Adorei o texto, muito bonito! *-*
    Passa lá no meu cantinho também, vou adora sua visitinha! ;D
    Tenha uma ótima semana....
    http://adoraveisvicios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá! Tudo bem?
    Me diz, você gosta de séries, filminhos e livros meio drama, meio comédia?
    Pois imagine que legal tudo isso numa história só!
    Acompanhe meu blog, Next Exit, e divirta-se com a história de Layla, uma jovem de vinte e poucos anos totalmente perdida quanto ao seu futuro profissional.
    Já estamos no segundo capítulo. E tem novos posts todas as quintas-feiras às 20h.
    Se você gostar, ainda pode curtir nossa página no Facebook.
    Depois me diz o que achou!
    Obrigada e beijão!

    ResponderExcluir
  9. Ao som do amor. É assim que as palavras entram nos olhos. Mas lê-las é ouvir, escutar a melodia que sai sutil pela linhas escritas. Que lindo texto querida Pri. O amor se assegura em cada cantinho e desabrocha com pétalas de inigualável beleza. Apaixonante, texto que encanta pelo poder do sentimento, pela forma como o sentir se encaixa em quem escreve, em que fala.

    Ao som do vento, o amor fica visível, evidente. A presença da pessoa destoa... Lindo é senti-la em meio ao esvoaçante sopro do vento. Amor que sopra...

    Lindo!!!

    Pri, adorei teu novo blog. Amei de verdade. E você como sempre arrasando nos textos. Tão verdadeiros, tão bem escritos. Você é um doce.

    Beijo lindo!!

    ps: guardei um bolo pra ti no meu blog. =D

    ResponderExcluir
  10. É ao som do vento que percorremos o mundo.
    Ah, que doce encanto de texto.

    Ao som do vento o li e me encantei.

    M&N.
    Desbrava(dores) de Livos

    ResponderExcluir

Se você chegou até aqui é por que de alguma forma você gostou.Esse espaço é seu,me diga o que você achou , me dê sua opinião a respeito do que leu , sera importantíssimo pra mim e pro blog.Deixe seu comentário e o link do seu blog quem sabe eu apareça por lá ;)

Ps: por favor não faça comentários do tipo;me segue,comenta,segue de volta.Eu sigo sim,mais eu sigo os blogs que eu gosto,eu comento sim,só deixa o link do blog e sua opinião sobre o blog...Eu retribuo de acordo com o que você posta,então se leu e gostou comente,se leu e não gostou comente,se leu e não comentou eu fico na curiosidade ,rs .
beijos ♥